domingo, 18 de janeiro de 2009

A Vida Inteira

Tão frágeis...
Quanto tempo será que eles vão viver?



Quanto tempo você vai ser criança para a sua mãe?


Quanto tempo seu pai ainda vai te surpreender com mais uma lição sobre a vida?


Até que idade seus pais vão estar jovens demais para morrer?


Quanto tempo faz que você tenta zerar suas dívidas?

Quanto tempo faz que você promete que vai ter mais autocontrole?


Há quanto tempo você acredita em bicho-papão (com seus variados nomes: velhice, assalto, rejeição, solidão) e tem a certeza absoluta que ele existe e é tão feio quanto você pinta?


Quanto tempo você mantém a esperança
que seu amor volte pra casa?


Quanto tempo durou um amor que só vive em média uns dois anos e nem completou um ano e meio?

Em homenagem à Grafite e Guache. Acabou, mas valeu a pena.

Um comentário:

  1. da saudade ne...
    eu nao sou muito boa com bixinhos...

    ResponderExcluir